Ao utilizar este site consideramos que aceita a utilização de cookies.

O CIGeoE aberto ao público no âmbito do programa ciência viva

Julho 2018

O Centro de Informação Geoespacial do Exército (CIGeoE), desde meados de julho e até inícios de setembro, encontra-se aberto ao público para sessões de observação astronómica e divulgação da sua cadeia de produção cartográfica, no âmbito do programa ciência viva.
Atendendo ao sucesso da iniciativa, no que respeita à divulgação da produção da carta militar à escala 1:25000, o CIGeoE irá fazer mais uma sessão pública, no dia 08 de agosto pelas 10H00.
Quanto ao observatório astronómico, este foi inaugurado em 1999 e, desde então, tem estado ao serviço da comunidade civil em algumas iniciativas de interesse cultural e científico, designadamente em sessões públicas enquadradas em atividades do programa Ciência Viva (Pavilhão do Conhecimento – Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior) e de apoio a escolas, institutos, universidades e outros estabelecimentos de ensino. Cumulativamente o observatório tem ainda apoiado outros eventos no âmbito de diversos projetos de astrónomos profissionais e amadores, tendo sido utilizado para diversas finalidades algumas das quais citadas em revistas internacionais da especialidade.
O observatório astronómico é composto por uma cúpula especifica, um telescópio da marca “Celestron”, modelo C14 Schmidt-Cassegrain de 35,6 cm de diâmetro e uma distância focal de 391,2 cm, instalado numa montagem equatorial Astrophysics 1200. 
Presentemente, no âmbito do programa ciência viva, o observatório do CIGeoE é o único observatório da região de Lisboa que se encontra aberto ao público, podendo ser visitado todas as sextas-feiras a partir das 21H30, até ao início do mês de setembro, tendo sessões de observação destinadas a crianças ou a adultos. Por motivos operacionais, os interessados nas visitas ao CIGeoE devem inscrever-se antecipadamente no seguinte endereço (http://www.cienciaviva.pt/veraocv/2018/). Desde o início desta iniciativa o CIGeoE já contou com a presença de mais de uma centena de jovens e respetivas famílias.

Outras notícias