Ao utilizar este site consideramos que aceita a utilização de cookies.

CIGeoE ORGANIZA REUNIÕES PLENÁRIAS DO MGCP E TREx EM LISBOA

Dezembro 2018


Decorreram no período de 27 a 29 de novembro de 2018, as reuniões plenárias internacionais do projecto TREx (Tandem-High Resolution Elevation Data Exchange Program) e do projecto MGCP (Multinational Geoespatial Co-prodution Program), no Altis Grand Hotel de Lisboa. No dia 30 decorreu a reunião do projeto MUVD (MGCP Urban Vector Data), no auditório do Centro de Informação Geoespacial do Exército (CIGeoE).

Estas reuniões foram organizadas pelo CIGeoE e contaram com a participação de 78 delegados oriundos de 29 países. Portugal fez-se representar nas referidas reuniões com uma comitiva constituída por cinco militares. 
A organização e participação nestas reuniões é de crucial importância para a afirmação internacional de Portugal, como membro destes grupos de trabalho e como parceiro relevante na produção de informação geoespacial normalizada de diferentes áreas do globo.
O projeto MGCP, onde Portugal é membro desde 2006, consiste na produção de informação vetorial geográfica a duas dimensões a partir de imagens ópticas captadas pelos satélites Worldview 1, 2 e 3. Os dados são editados em plataformas SIG (Sistema de Informação Geográfica), com exatidão posicional, pormenor e rigor geométrico que permitem uma resolução espacial compatível com as escalas 50k e 100k.
O projeto TREx é mais recente, surgiu em 2014 com a finalidade de produzir um Modelo Digital de Superfície (MDS) global, com base em aquisição de informação de satélites com sensores radar. Os dados são editados num software específico desenvolvido para o efeito, com uma resolução geométrica de 12 metros. Portugal foi a sétima nação a assinar o memorando de entendimento e a segunda a ser certificada.
O projeto MUVD ainda está numa fase embrionária e pretende alargar o âmbito do projeto MGCP à produção de mapas de grandes escalas (5k), para satisfazer os requisitos militares de combate em áreas edificadas. Assim, está a ser trabalhada uma proposta para incluir um anovo anexo ao Memorando de Entendimento assinado por todas as nações participantes.
De realçar que a reunião do grupo MGCP contou com a participação do Diretor da National Geospatial-Intelligence (NGA), o Sr. Robert Cardillo. Esta ilustre presença é demonstrativa da relevância que estes projetos internacionais assumem na comunidade internacional e mais especificamente para os Estados Unidos da América. No seu discurso foi realçado o sucesso extraordinário do maior e mais antigo projeto internacional de co-produção de informação geográfica, o MGCP, e que muito honra os esforços pioneiros dos navegadores portugueses de outrora.  

Outras notícias