Ao utilizar este site consideramos que aceita a utilização de cookies.

62ª Campanha de Manutenção dos Marcos da Fronteira Luso-Espanhola

Outubro 2019

No âmbito da Comissão Internacional de Limites (CIL), da responsabilidade do Ministério dos Negócios Estrangeiros, o Centro de Informação Geoespacial do Exército (CIGeoE), tendo a seu cargo a Delegação Técnica da CIL, é responsável por efetuar os trabalhos de campo relativos à manutenção dos Marcos de Fronteira entre Portugal e Espanha, conjuntamente com a sua congénere espanhola, o Centro Geográfico del Ejército de Tierra (CEGET), de acordo com o definido nos documentos assinados entre os dois países, nomeadamente no Tratado de Limites entre Portugal e Espanha de 1864, na Acta Geral de Delimitação de 1906 e no Convénio de Limites, assinado em 1926.
Durante o presente ano decorreu a 62ª Campanha de Manutenção dos Marcos da Fronteira Luso-Espanhola, nos limites norte dos concelhos de Montalegre, Chaves e Vinhais, do marco 121 D ao marco 350 num total de 907 marcos, e desenrolou-se em duas fases conforme ata assinada em março deste ano, entre o CIGeoE e o CEGET.
Na 1ª fase, que decorreu de 20 de maio a 28 de junho, foram visitados todos os marcos do troço acordado, foi conferido o seu correto posicionamento, verificado o seu estado de conservação e efetuados alguns trabalhos básicos de manutenção quando a situação o exigia. Foi ainda verificado que alguns marcos se encontravam desaparecidos ou em avançado estado de degradação, pelo que foram mandados construir 10 novos marcos.
Na 2ª fase, que agora finda, e que decorreu entre 9 e 27 de setembro, foram colocados por coordenadas os 10 marcos mandados construir e foram efetuados alguns trabalhos de manutenção que requeriam a reconstrução de muros para sustentação dos marcos caídos. Nesta fase houve necessidade de recurso a um helicóptero, disponibilizado pelo Exército Espanhol, para auxílio na colocação de 4 marcos que se encontram em locais de acesso impossível por via terrestre.
Desta campanha, e como já vai sendo hábito, salienta-se a excelente relação que existente entre a equipa Espanhola e a equipa Portuguesa, assim como o entusiasmo e entrega demonstrado pelo pessoal de ambas as equipas que constituem a Equipa Técnica Mista, constituída com vista aos trabalhos anuais de Manutenção dos Marcos da Fronteira Luso-Espanhola.
Outras notícias
  • 2019-08-07