Ao utilizar este site consideramos que aceita a utilização de cookies.

Visita à 64ª campanha de manutenção dos marcos da fronteira luso-espanhola

Setembro 2021

Em 23SET2021, decorreu a visita aos trabalhos da 64ª Campanha de Manutenção dos Marcos da Fronteira Luso-Espanhola, por parte das entidades que enquadram esta atividade, no âmbito do Tratado de Limites.

O Tratado de Limites, assinado em 29 de setembro de 1864 entre Portugal e Espanha, define a necessidade da verificação, e da manutenção, dos marcos que materializam a fronteira luso-espanhola. Durante o ano de 2021, realiza-se a 64ª campanha através de uma equipa conjunta constituída por elementos do Centro de Informação Geoespacial do Exército (CIGeoE) e do Centro Geográfico del Ejército de Tierra de Espanha (CEGET), a qual recebeu a visita das entidades responsáveis de Portugal e de Espanha, em 23 de setembro de 2021, na região de Vilar Formoso, Almeida.
A delegação portuguesa era constituída pelo General Comandante do Comando da Logística, Exmo. TGen QMG, João Manuel Lopes Nunes dos Reis e pela Presidente da Comissão Interministerial de Limites e Bacias Hidrográficas Luso-Espanholas, Dra. Lénia Maria de Seabra Real e a delegação espanhola pelo General Chefe da Jefatura de los Sistemas de Información, Telecomunicaciones y Asistencia Técnica, Gral. Jefe General de División Joaquín Salas Alcalde e pelo Embajador de Límites del Ministerio de Asuntos Exteriores, Sr. Guillermo Martinez Correcher.
O encontro entre as duas delegações deu-se no posto de fronteira entre Vilar Formoso e Fuentes de Oñoro. De seguida, as delegações deslocaram-se para o local onde o novo troço da autoestrada, que liga Portugal a Espanha, cruza a “linha” de fronteira, tendo sido efetuado um briefing pelos Chefes da Equipa Mista luso-espanhola, sobre em que consistem os trabalhos de campo e a forma como estão a decorrer e onde se pôde assistir à colocação do novo marco principal n.º 516 BIS, na berma referida autoestrada e no exato local onde esta cruza a raia, após o que as comitivas se dirigiram para um outro local, onde também assistiram à colocação de uma placa a materializar o  marco n.º 494 J, em substituição das anteriores marcações que se encontravam degradadas.

Outras notícias